sábado, 21 de agosto de 2010

“CÉDULAS” DO KOSOVO?

Há pouco tempo fomos indagados sobre as “cédulas” do Kosovo que vem aparecendo no mercado numismático desde 1999. O que causa surpresa é o fato das mesmas não constarem nos catálogos especializados (neste caso no World Paper Money). Mas qual seria a razão?
O pouco que sabemos a respeito destas cédulas é que em abril de 1999, a Arma de Libertação do Kosovo (KLA) utilizando cédulas do então Banco Nacional da Macedônia[1], nos valores de 10, 25, 50, 100, 500, 1000 e 5000 dinares (emissão de 1992), fez superimprimir, o seguinte:
Anverso: Prístina, 1° de abril de 1999 (parte superior do lado direito), no centro temos uma águia bicéfala (com duas cabeças), símbolo do povo albanês. Abaixo temos a inscrição: Arma de Libertação do Kosovo. Do lado direito temos a inscrição – Banco Provisório da República do Kosovo e abaixo a designação do valor.
Reverso: Na parte superior temos algo como: Para ajudar as vítimas da Guerra do Kosovo. Abaixo deste dizeres temos um traço sobre a inscrição original. Na parte inferior ao lado direito da numeração temos: Àqueles que prestaram assistência às vitimas da Guerra do Kosovo. Todo o texto superimpresso está em albanês, em tinta preta e tem um forte apelo estético.



Anverso das cédulas da Macedônia com superimpressão da Arma de Libertação do Kosovo (1999).

Estas cédulas teriam sido superimpressas no sentido de se fazer propaganda pro–independência do Kosovo, não tendo nenhum efeito monetário, permanecendo como dinar macedônio (MKD). Os exemplares que conhecemos são todos novos (flor de estampa), dando a impressão que estas cédulas não chegaram a circular.

As cédulas da Macedônia, objeto da superimpressão, emissão de 1992, apresentam os seguintes valores, 10 (P.1), 25 (P.2), 50 (P.3), 100 (P.4), 500 (P.5), 1000 (P.6) e 5000 (P.7) dinares. Foram feitas de improviso em papel comum, apresentando o mesmo motivo em todas as cédulas, com variação apenas no valor e na cor[2]. Sua numeração é seqüencial (7 dígitos), sem designação da estampa ou séries. Apesar da simplicidade apresentam filigrana – tranços pretos na horizontal. Encontramos recentemente uma cédula de 5000 dinares também com a superimpressão.
Estas cédulas são bem comuns. As “cédulas do Kosovo”, ao contrário, não o são, como se constata pelos valores sugeridos para sua comercialização.
Como desconhecemos a quantidade de cédulas que foram superimpressas e nem sua numeração é difícil estabelecer o valor ou a identificação de possíveis falsificações.
No que diz respeito à catalogação, acreditamos que a mesma será realizada a partir do momento em que o Kosovo conseguir sua aprovação como país.

No Kosovo atualmente circula o euro (€), cédulas e moedas, anteriormente circulava o marco alemão (DM) que havia sido introduzido pela ONU em 1999, como moeda oficial de transição. Com a adoção do euro em 1° janeiro de 2002, o marco alemão foi substituído na razão de 1€=1.95583DM.

Casos semelhantes já ocorreram no passado, como por exemplo, as cédulas do Império Austro-Húngaro que receberam carimbos quando circulavam em Fíume (atual Rijeka na Croácia)[3], estas estão catalogadas no World Paper Money – Specialized Issues (S101 a S116).


[1] A que tudo indica com muito pouco valor na época ou mesmo desmonetizadas, eis que já em 1993 houve uma reforma monetária.
[2] Com exceção da P.7 que é um pouco diferente.


Reverso da cédula da Macedônia (10 dinares) com superimpressão da Arma de Libertação do Kosovo (1999).


Anverso da cédula da Macedônia de 5000 dinares com superimpressão da Arma de Libertação do Kosovo (1999) que vimos apenas recentemente.

Autor: Marcio R. Sandoval (sterlingnumismatic@hotmail.com)