sábado, 18 de setembro de 2010

ILHA DE SANTA HELENA - THÉODORE DE BRY



Fig. 1 – Anverso da cédula de 1 libra de 1982 (P.9), emissão do Governo de Santa Helena (144 X 66 mm).


Fig. 2 – Detalhe do anverso da cédula de 1 libra de 1982 (P.9), mapa da Ilha, estilização do mapa de Théodore de Bry de 1601.


Fig. 3 – Mapa da Ilha de Santa Helena, Théodore de Bry (1528-1598), Frankfurt, 1601. Exemplar da Biblioteca Hebréia da Universidade de Jerusalém. Alguns detalhes interessantes: o Brasão de Armas Português, a legenda do mapa em latim e alemão e o nome das naus: “A. naõ Sa Maria Souta Capitayna, A. naõ S.A, O Gallião de Malacca, A. naõ Nossa Srada Concepçaõ, A. naõ Santa Cruz e A. naõ Capitayna S. Xpuaõ”. Ainda temos uma inscrição em português, à esquerda na praia – “aguada velha”, ou seja, local onde eles se abasteciam de água. (Clique para ampliar)

Apesar de não termos encontrado nenhuma informação oficial sobre o mapa reproduzido na cédula de 1 libra de Santa Helena[1] fica claro que se trata de uma estilização do mapa de Théodore de Bry, de 1601.
E sendo assim, restariam algumas questões, eis que Théodore de Bry era holandês e este mapa foi gravado em Frankfurt na Alemanha. Por que então este mapa conteria o Brasão de Armas de Portugal e ainda os nomes de navios portugueses? Seria pelo “simples” fato de que foi um português que descobriu a ilha de 1503?

A questão parece encontrar resposta em um mapa um pouco mais antigo que serviu de inspiração a Théodore de Bry, é o mapa do também holandês Jan Huygen van Linschoten (1562-1611), que viveu quatro anos em Goa, de 1583 a 1587, como secretario do arcebispo português. Ali teve acesso a informações comerciais valiosas. Ele retornou a Holanda em 1592 e lá escreveu duas obras importantes sobre os anos passados no Oriente, o Reys-Gheschrift van de navigatien der Portugaloysers in Orienten... (Amsterdam 1595) e o Itinerario : voyage ofte schipvaert van Jan Huygen van Linschoten naer Oost ofte Portugaels Indien 1579-1592. Estas duas obras, bem mais do que uma simples relato de viagem, constituem um panorama geográfico, comercial e militar completo sobre as atividades portuguesas no Oriente. Estes relatos tiveram influência na posterior expansão holandesa no Oriente. As primeiras viagens holandesas ao Oriente ocorreram em 1595-1597. A Companhia Holandesa das Índias Orientais (VOC) foi criada em 1602.

O mapa de Linschoten publicado pela primeira vez na edição holandesa de 1595 teve diversas outras edições (1605, 1614, 1623 e 1644), foi ainda publicado em outras línguas, inglês (1598), latim (1599) e francês (1610 e 1619).
Existem algumas edições no Google livros em inglês, vejamos:
(a partir da antiga tradução inglesa de 1598).

[1] Existem duas emissões deste valor com uma pequena variação na estampa, P.6 – 1976 e P.9 – 1982.



Fig. 4 – Mapa da Ilha de Santa Helena de Jan Huygen van Linschoten, Amsterdã, 1596 (340X503 mm).

As cédulas da Ilha de Santa Helena
(Catálogo Virtual)
Saint Helena Pound (SHP) – Administração Britânica

1. 2 shillings 6 pence (P.1) unifacial.
17.4.1722
Governo e Conselho da Ilha de St. Helena
2. 5 shillings (P.2) anv. rev.
1917…
-
3. 20 shillings (P.3) anv. rev.
1917...
-
4. 40 shillings (P.4) anv.rev.
1917...
-
5. 1 libra (P.6) anv. rev. [1]
1976
Governo de St. Helena
6. 5 libras (P.7ª) anv. rev.
1976
Governo de St. Helena
6b. 5 libras (P. 7b) anv. rev.
1976
Governo de St. Helena
7. 50 pence (P.5) anv. rev.
1979
Governo de St. Helena
8. 10 libras (P.8 a,b,c e r) anv. rev.
1979
Governo de St. Helena
8b. 10 libras (P.8b) anv. rev.
1979
Governo de St. Helena
8c. 10 libras (P.8c) anv. rev.
1979
Governo de St. Helena
8r. 10 libras (P.8r) anv. rev.
1979
Governo de St. Helena
9. 1 libra (P.9) anv. rev.
1982
Governo de St. Helena
10. 20 libras (P.10) anv. rev.
1986
Governo de St. Helena
11. 5 libras (P.11) anv. rev.
1999
Governo de St. Helena
12. 10 libras (P.12) anv. rev.
2004
Governo de St. Helena
13. 20 libras (P.13) anv. rev.
2004
Governo de St. Helena

[1] Anverso e reverso da cédula, clique para ver a imagem.
1 libra = 20 shillings em 1971
1 libra = 100 novos pence em 1971
- O bilhete de 2 shillings e 6 pence (P.1) foi a leilão em Londres em 1989 (Phillips London, Lot #315) atingindo um valor superior a $8.500 (dólares americanos).
- Os bilhetes emitidos a partir de 1976 trazem a efígie da Rainha Elizabeth II.
- A legenda em latim do reverso da cédula de 1 libra de 1976 (P.6) apresenta uma incorreção – ANGLAE, invés de ANGLIAE. Dimensões: 153 x 7 mm.
- A legenda em latim do reverso da cédula de 5 libras (P.7 a e b) apresenta-se correta (P.7a) e incorreta (P.7b), ou seja, respectivamente com a legenda ANGLAE e ANGLIAE.
- As dimensões da cédula de 1 libra de 1982 (P.9) é de 147 x 66 mm; a cédulas cuja numeração estão compreendidas entre A/1 350.000 até A/1 400.000 (50.000 cédulas) não são resgatáveis.
- As cédulas estão organizadas segundo o ano de emissão, a catalogação teve como referência o World Paper Money, utilizando-se a letra P. (de Albert Pick, primeiro editor do catálogo).
- Esta catalogação não é exaustiva.

Autor: Marcio R. Sandoval (sterlingnumismatic@hotmail.com)